Como cuidar do couro cabeludo?

Como cuidar do couro cabeludo?
1. Cabelos muito oleosos podem ser lavados dia sim, dia não

A oleosidade é realmente importante para manter o couro cabeludo saudável, ok. Acontece que o acúmulo de óleo depois de muitos dias sem lavar pode provocar escamações e o surgimento da caspa. Segundo dermatologistas, o ideal para quem tem cabelos muito oleosos é fazer a higienização dia sim, dia não, enquanto os normais podem ter um intervalo de um dia e os secos podem ser limpos três vezes por semana.

2. Use shampoo sem sal e não deixe resquícios de condicionador

Para esta lavagem, o ideal é optar por um shampoo e condicionador sem sal, já que esse tipo de composição limpa suavemente sem danificar as madeixas e o couro. Em seguida, enxágue com bastante água, sempre fria ou morna, e não deixe resíduos de ambos produtos nos fios.

3. Evite lavar o cabelo com água quente

Quando for lavar as madeixas, garanta que a água está em uma temperatura adequada, ou seja, morna ou fria. A água muito quente pode ressecar os fios, aumentar a oleosidade produzida pelo couro cabeludo e causar escamação.

4. Não use as unhas para esfregar o couro cabeludo

Esfregar o couro cabeludo com as unhas não garantirá uma limpeza profunda dos fios. Ao contrário disso, o hábito pode abrir pequenas feridas na superfície, provocando infecções. A massagem ideal deve ser feita com as pontas dos dedos, combinado?

5. Use finalizadores só no comprimento e pontas

O surgimento de escamações e caspa também pode acontecer pelo uso incorreto da máscara capilar e finalizadores. Por terem alto poder de hidratação, os itens podem deixar sua raiz ainda mais oleosa que o normal. O efeito é muito parecido com os poros da pele: se houver muita oleosidade e resquícios de produtos, eles podem entupir, causando queda de cabelo e caspa.

6. No couro cabeludo, aplique somente o shampoo

No couro cabeludo, você só precisará usar o shampoo, ok? O condicionador, máscara, creme para pentear, leave-in ou óleo de argan são indicados para recuperar o ressecamento e proteger o comprimento e as pontas do cabelo.

7. Proteja o couro cabeludo da chapinha e secador

Para proteger as madeixas do calor do secador e da chapinha já existem diversos tipos de protetores térmicos, como o leave-in e o óleo de argan. Mas e para as raízes? A única solução é o cuidado ao fazer esses procedimentos. O recomendado por dermatologistas é manter o secador a uma distância mínima de 20 centímetros da raiz dos cabelos e a chapinha a cerca de um centímetro e meio do couro cabeludo.

8. Use chapéu em dias de sol muito forte

Em dias de sol muito forte é fundamental proteger o couro cabeludo. Aproveite o verão para apostar em chapéus, lenços turbantes e bonés estilosos, adaptando o acessório para cada ambiente ou ocasião.

9. Fique atenta ao fazer alisamentos com química

Escova progressiva, definitiva, permanente e qualquer outro procedimento químico utilizam produtos ácidos e, por isso, podem queimar o couro cabeludo e gerar descamação. Para evitar esse problema, você não deve se arriscar em nenhum alisamento sem antes fazer uma prova de toque na nuca, garantindo que a área não terá nenhum tipo de reação alérgica.

10. Sua alimentação também influencia na saúde dos cabelos

Sabia que a sua alimentação também influencia na saúde do seu couro cabeludo e, consequentemente, no crescimento dos fios? Uma dieta rica aminoácidos e proteínas (carnes, ovos e leite), por exemplo, estimula o crescimento e o fortalecimento das madeixas, enquanto o zinco (nozes, frutos do mar, gérmen de trigo e levedo de cerveja) também ajuda o cabelo a crescer e ainda reduz a oleosidade. Além disso, o ômega-3 e o ômega-6 (presentes nos óleos funcionais) ajudam na hidratação. Mude seus hábitos!

Adicione seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão destacados com (*).